Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."

Quem está livre de sofrer? As lágrimas de dor fazem parte do crescimento pessoal correcto de qualquer pessoa e quem afirma nunca ter chorado na vida, está simplesmente a aldrabar. Existem momentos e fases na vida onde pensamos que tudo está perfeito, maravilhoso, radiante e trinta vezes melhor do que alguma vez sonhamos. Um sonho bem real, como eu gosto de dizer...o pior é quando esse "conto de fadas" transforma-se no mais negro pesadelo. Infelizmente, existem sempre aspectos ou circunstâncias que teimam em abalar a nossa felicidade e apodrecê-la. Tudo isto torna a dor inevitável. Mas não fujam do sofrimento, pois este faz parte da nossa identidade e é o que nos permite aprender, mesmo que isso custe a nossa sanidade (temporariamente, claro). Existem momentos que duram pouco, mas ficam sempre na nossa memória. Por vezes, as aparências iludem e podemos vir a sofrer imenso com isso! O tempo não volta para trás, o passado é isso mesmo: passado. O importante é não haver arrependimentos, aproveitar cada segundo da vida. Fazer as escolhas erradas é inevitavelmente humano, mas o importante é saber o que fazer depois da queda. Todos nós temos uma força intrínseca que nos motiva a continuar, a não ficarmos congelados no mar de sofrimento. Sofrer por amor então é que se torna cada vez mais comum e entregar-nos completamente a uma pessoa, por amor, pode vir a ser uma rasteira bem traiçoeira. As desilusões com pessoas que pensamos que nos estimam é horrível, mas não é por causa de uma desilusão amorosa que devemos de nos culpar ou martirizar por esta ter tido um fim. Todas as pessoas devem de saber que amar é fantástico e único, mas este sentimento pode trazer a mutilação da nossa alma. O importante é continuarmos a acreditar que o amor é como o sol, que não aparece todas as manhãs, mas que quando o faz é capaz de mover o Mundo. É importante amar em todos os segundos, pois num segundo tudo pode mudar. Com a mudança, por mais que nos custe, temos de cicatrizar e voltar a acreditar na honestidade sentimental dos outros para connosco. Não vais errar a vida toda e vai existir uma vez em que vais acertar, garanto-te! Toda as pessoas merecem ser felizes. Lutar e continuar é fulcral, mesmo que nos coloquem obstáculos; encara o nascer do novo dia como um novo capítulo e muitas aventuras para escrever...o presente é nosso, quer seja para amar ou odiar, beijar ou abraçar, mas o que é realmente importante é o presente fornecer felicidade. As lágrimas consolam o coração que foi partido, é excelente para aliviar o peso que alguém provocou! Pensar no futuro é bom, mas não excelente, pois as nossas atenções devem de ser centradas no presente, no que queremos fazer agora, como queremos, pois quem fantasia muito acaba por ficar frustrado com a falta de ação. Viver sem medo de viver, sem medo do que os outros possam pensar de nós...este deve de ser SEMPRE o nosso lema!

 

To my dearest sister, M.

 

 

12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2