Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."

 

O que raios é a real felicidade? Eu sou feliz, mas nunca o fui totalmente. Terei eu a ser paranóica ou exigente de mais neste aspecto? Tenho amigas que afirmam aos sete ventos que estão plenamente satisfeitas com o quotidiano delas e eu fico a pensar se elas são as pessoas mais sortudas do Mundo e eu não. Eu tenho uma família maioritariamente saudável e alegre, um grupo de amigos que me estimam e respeitam, um tecto e uma cama confortável para dormir, carro e independência para me deslocar aonde quero e às horas que quero, animais de estimação, estudos pagos e por aí fora...tudo isto são pormenores que me provocam felicidade e sorrisos na cara, mas sinto que me falta algo para ter aquele brilho nos olhos. Não sei se a felicidade deve de ser assim como a sinto e se as pessoas que dizem ser plenamente felizes estão iludidas ou a enganar-me ou se sou feliz a 70% e não a 100%. Tenho o receio de, aos 21 anos, nunca ter-me sentido plenamente leve, com um sorriso irradiante e com uma perspectiva alegre e positiva dos aspectos gerais do Mundo e da minha vida. Afinal de contas, qual é a receita para a felicidade plena?

9 comentários

Comentar post