Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."


Quero ter alguém novo na minha vida. Começar do zero: passarmos de conhecidos a amigos, de amigos a confidentes exclusivos e deste patamar passar a ser o companheiro ideal para mim. Quero, antes de mais, ter aquela primeira impressão que a personalidade da pessoa me agrada e dar-me ao trabalho de a conhecer, verdadeiramente. Quero sentir que essa pessoa está interessada em saber mais sobre mim, que quer estar presente no meu quotidiano e nos momentos que considero importantes. Quero fazer isso igualmente para ele, ser aquele ombro amigo e com uma perspectiva sorridente da vida e do futuro. Quero ser aquela à qual ele conta os segredos mais importantes, que procura quando quer sorrir, desabafar e até chorar, que faz de tudo para colocar-me um sorriso na cara. Quero-me sentir confortável e eu própria ao pé dessa pessoa. Aí, quando o nível de conhecimento for razoável, gostaria de dar o passo em frente e sermos, basicamente, um casal. Quero as borboletas no estômago, as mãos suadas, os arrepios da pele, o coração a bater forte. Quero conseguir distinguir o seu cheiro no meio de uma multidão, fazê-lo sentir amado. Quero ser aquela rapariga com uma visão optimista e deveras romântica do Mundo, que quando é fotografada desprevenida, a imagem traduz sempre aquele brilho do universo no olhar, tamanho o amor que nutre no coração e mente. Quero ter alguém meu e ser de alguém. Para sempre, mesmo que o para sempre não exista para os seres humanos.

14 comentários

Comentar post

Pág. 1/2