Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."


Nunca pensei vir a odiar alguém. Acho que o ódio é um sentimento que desperdiça tempo e esconde outras fontes de felicidade com dor e lágrimas. Até hoje. Nunca pensei ser tão enganada, tão iludida, tão humilhada. Resolveram fazer do meu coração uma fonte de alimentação fresca. Hipocrisia, na vertente mais suja e nojenta que já vi até hoje. Sempre desconfiei, mas fui uma crente que amizade é um sentimento de união e irmandade. De honestidade, de preocupação e carinho. Isto não foi uma facada, mas sim um assassinato. Parabéns, por me fazerem sentir vazia, por arrancarem o tapete dos meus pés, por me fazerem lembrar que não confiam em mim e esconderem-me uma coisa à qual só vos desejava (e desejo) muita felicidade e amor. Não sou egoísta, caramba! Sempre disse que se uma pessoa não for feliz ao meu lado, pode perfeitamente ser feliz ao lado de outra pessoa, no campo amoroso, claro. Esconderam na intenção de não me magoarem? TRETAS. Fizeram-no por puro egocentrismo, por esquecerem-se que eu não sou uma boneca de trapos, mas sim um ser em carne e osso, com pensamentos e sentimentos. Sabem o que vai acontecer agora? Desejo-vos uma boa viagem, para fora da minha vida. Sejam MUITO felizes e nunca, mas nunca, repitam o erro de quebrar tanto um coração a uma pessoa, tal como fizeram comigo. Eu cá trato das minhas feridas, como sempre. Tal como gostava de vos dizer: «já passei por coisas bem piores».

8 comentários

Comentar post