Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."


Dúvidas: todo o ser humano detentor de uma inteligência dita normal tem momentos cercados de incertezas. Eu tenho o hábito de as tentar resolver sozinha, porque penso que só eu posso encontrar uma resposta para os meus enigmas. Apesar de desabafar com algumas pessoas mais chegadas, gosto de tirar as minhas próprias conclusões e ser EU a escrever a história da minha vida. Eu sinto que se estou viva, é porque tenho lições para aprender e assimilar.
A minha batalha entre os sentimentos e o meu passado está a ficar mais branda. Tenho sentido que as minhas feridas estão a cicatrizar, mesmo que seja aos poucos e poucos. Admitir que errei e pedir perdão já pode ser um item riscado da minha lista de coisas por resolver. Estou numa estrada de auto-realização para me tornar uma mulher melhor, menos fria e mais consciente. Nem tudo são pêras doces, nem tudo é-me oferecido numa bandeja de prata. O meu coração é dono de algumas duvidas, mas uma coisa ele sabe: a felicidade está próxima. Ele só está à espera que a mente se combine perfeitamente com ele, para ambos se abrirem e confiarem nele. Aquele que quero acreditar que me vai fazer muito, mas muito feliz. Afinal de contas, posso ser dona de muitas confusões, mas nunca esqueço a cor dos teus olhos...azuis, cor do céu num dia de sol.

10 comentários

Comentar post