Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."

 As dores são horripilantes. O cheiro a sangue é nauseante. Ela, lentamente, abre os olhos para a escuridão que a rodeia. Ao fundo, ela ouve o passo apressado de um ou dois ratos. Apercebe-se que está acorrentada ao poste presente naquele espaço sombrio, coberto de pó. Não se recorda como chegou aquela prisão, mas sabe que merece estar ali. Ela sempre renegou as pessoas que a amavam, pois gostava de se sentir desejada. Uma rainha no meio dos seus admiradores e serviçais. Mas todas as soberanas têm as suas fraquezas. E a dela foi amar quem não a valorizava pela sua essência, mas sim pelo seu corpo. Tanto que foi presa, pois o seu fã não queria partilhar a sua beleza com nenhum dos prestáveis criados da abelha-mestra. Queria torna-la rara, ao esconde-la do Mundo - mas sem esta perder a sua coroa.

20 comentários

Comentar post

Pág. 1/2