Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."

Endless Words

"Escrever é como abrir gaiolas: coloco as palavras em ordem, descubro a senha do cadeado, liberto os pássaros. E os sentimentos."

 

Querido coração,

como podes estar constantemente a brincar comigo? Eu não quero abrir-te para ninguém, mas tu pareces simplesmente que andas a troçar com a minha cara. Obedece às minhas ordens, eu imploro-te. Não és um órgão independente de mim, por isso, não me faças sofrer mais, por favor.

Pensei que todos os meus fantasmas tivessem sido escorraçados do teu armazenamento. Pensei que estavas decidido a reconstruíres as tuas infra-estruturas, do zero. Penso, amarguradamente, que levaste muitas munições ao longo dos últimos tempos. Possuís diversos buracos, rachadelas profundas e uma nova abertura para o amor pode ser desastrosa, caso esta seja mal sucedida. E, assim, vais-me arrastar para um abismo sem fim, onde vou morrer afogada nas minhas próprias lágrimas. Não cures a tua ressaca com mais bebida.

Eu tenho pavor de voltar a chorar por amor, ou falta dele. Não quero que ames, não! Eu só sofro com o amor e não existe ninguém, até hoje, que me provasse que vale a pena amar; mas não consigo evitar este sentimento; parece uma maldita erva-daninha. Acabei por me afeiçoar a outra pessoa, e sei, antecipadamente, que vou derramar lágrimas. Mas sou teimosa e ambiciosa. Não vou desistir sem dar luta e seja o que Deus quiser. Não me quero arrepender da minha cobardia. Coração, meu órgão vital, espero que estejas preparado para uma guerra, porque a tua dona vai-se lutar por si, por nós. Partir à conquista da felicidade.

Espero que me ajudes a encontrar o caminho para a nossa vitória.

 

Amo-te, ou seja, amo-me.

C.

 

P.s.: Novo visual, espero opiniões.

29 comentários

Comentar post

Pág. 1/3